Temporada 2015 no Castelo de S. Jorge - Danças de Corte em 3 actos

 

 

D Maria de Aragão

2015-01-18 11-42-01

O século XV, com a arte de Gil Vicente, onde a dança se reconhece amiúde como presente, nos seus autos e farsas.

Celebra-se o nascimento do 1.º filho de D Manuel, na presença dos monarcas D Manuel e D Maria de Aragão, D Leonor e D. Beatriz, mãe do Rei Venturoso. Gil Vicente inicia a sua presença na corte de D Manuel, com o Auto da Visitação (1501), sendo que nas celebrações festivas não faltam as danças.

Onde não há cordança/não há lei, festa nem dança (Auto Pastoril Português).

Ver fotos deste espectáculo

(17 jan|18 abr | 18 jul | 17 out)

 

Luis de Camões

2015-02-15 11-27-37

O século XVI, com a arte de Luis de Camões, cortesão por vocação e bailador por associação.

Em finais do século XVI D. Sebastião alvoroça o país com os preparos para a expedição a África. O som de charamelas cede lugar ao rufo de tambores e ao tinir de espadas esgrimindo nos treinos para a luta contra o infiel. Mas se pelo reino se prepara a guerra, a nobreza não abandona a cortesia e ao terçar de armas contrapõe o terçar de danças, mantendo refinado o ambiente de corte, abrindo os paços a figuras tão ilustres como Luís Vaz de Camões, que ora  apresentará a El-Rei D. Sebastião a obra prima da epopeia lusitana.

Ver fotos deste espectáculo

(21 fev| 16 mai| 15 ago| 21 nov)

 

Francisco Manuel de MeloAuto do fidalgo aprendizO século XVII, com a arte de Francisco Manuel de Melo, no qual os fidalgos são aprendizes de dança, por ambição.

Ao esplendor das festas palacianas de outrora sobreviveu a nobre arte da dança, considerada uma das mais propícias para a fidalguia. Assim o entendeu D. Francisco Manuel de Melo trazendo para o reino a Ópera Ballet e ilustrando no seu famoso Auto do Fidalgo Aprendiz o empenho de um fidalgo em aprender esta arte, apesar de em finais do século XVII a fidalguia lusitana inclinar mais os seus gostos para a tauromaquia, sendo comum introduzir, como introito às touradas, danças mouriscas e folias. Também as Country Dances começam a ser conhecidas e dançadas nas cortes europeias.

Ver fotos deste espectáculo

(21 mar| 20 jun| 19 set| 19 dez)