Estatisticas
Membros : 81
Conteúdo : 113
Links da Web : 73
Visualizações de Conteúdo : 70683
Início Diversos Sistemas de qualidade Critérios e Normas

PostHeaderIcon Critérios e Normas

Princípios de Lembcke (1956)

Objectividade / Verificabilidade / Uniformidade / Especificidade / Pertinência / Aceitabilidade

 

Objectividade: os critérios devem ser expostos por escrito com suficiente precisão e detalhe de modo a serem relativamente imunes a interpretações variáveis por diferentes indivíduos;

Verificabilidade: os critérios devem ser tão delimitados que os pontos de que dependem possam ser verificados por exame laboratorial, consulta ou documentação;

Uniformidade: em vista da relativa uniformidade do corpo humano e da sua patologia, os critérios devem ser independentes de factores como tamanho e localização do hospital, qualificações do pessoal (médico e não só), ou status sócio-económico do doente;

Especificidade: os critérios devem ser específicos para cada tipo de doença ou intervenção a ser avaliada, e todas as doenças e intervenções significativas e relaccionadas, no mesmo doente, deverão ser consideradas como uma unidade;

Pertinência: na medida do possível, os critérios devem ser pertinentes quanto ao objectivo final do acto médico em avaliação, devendo ser baseados em resultados e não em intenções;

Aceitabilidade: os critérios devem ser conformes com standards comunmente aceites de boa prática, expostos em livros de texto de referência e artigos baseados em estudo científico