Estatisticas
Membros : 81
Conteúdo : 113
Links da Web : 73
Visualizações de Conteúdo : 70678
Início Diversos Sistemas de qualidade Eficácia da avaliação de desempenho

PostHeaderIcon Eficácia da avaliação de desempenho

Não há nehum atributo isolado que permita distinguir entre métodos eficazes e ineficazes de minitorização. O segredo está no equilíbrio de diversas características e na adaptação do conjunto às características de cada situação. A monitorização pode mesmo ocorrer informalmente durante o trabalho em colaboração.

 

 

Monitorização formal

    1. Colheita sistemática de informação sobre o processo e resultados dos cuidados prestados
    2. Identificação dos padrões da prática corrente
    3. Explicando estes padrões
    4. Agindo para corrigir deficiências
    5. Verificando os efeitos das acções correctivas

     

Em vez de ser uma actividade de policiamento, a monitorização implementa a responsabilização profissional e contribui para uma gestão racional pela documentação da qualidade do produto.

A sua eficácia depende de modelos específicos de:

    1. Liderança
    2. Características organizacionais
    3. Características dos profissionais de saúde
    4. Características do método de monitorização e análise
    5. Natureza das intervenções usadas para influenciar o comportamento dos prestadores

 

Liderança

Talvez seja isoladamente o determinante mais importante do sucesso.

Os profissionais de maior prestígio e capacidade devem estar genuinamente comprometidos

A pessoa directamente responsável pelo processo deve ser:

  • altamente qualificada,
  • de integridade inquestionável, e
  • movimentar-se facilmente aos mais altos níveis administrativos e clínicos
Características organizacionais

A organização deve providenciar apoio moral e material

i.e. deve estar orientada para reconhecer e recompensar o bom desempenho, ao mesmo tempo que identifica e desencoraja um desempenho menos do que completamente aceitável

Deve haver uma ligação muito clara, conhecida e compreendida por todos, entre as recompensas esperadas (previlégios, promoções, vencimentos, outros) e os achados do sistema de monitorização de desempenho.

 

Características dos profissionais de saúde

Personalidade e socialização prévia influenciam a vontade para participar na monitorização do desempenho e na resposta aos achados encontrados.

O cuidado no recrutamento e uma avaliação precoce da conduta são salvaguardas importantes.

É possível que o pessoal mais intimamente ligado à organização, ou mais dependente dela, seja mais aderente ao processo i.e. a existência de pessoal permanente pode ajudar.

 

Características do método de monitorização e análise

Desenho adequado dos sistemas de informação e avaliação clínica

Os métodos de avaliação devem (para além do rigor técnico):

  • ser vistos como legitimos, razoáveis e justos.
  • derivar de conceitos de prestadores de serviços de qualidade (referências)
  • reflectir esses mesmos conceitos

É essencial o envolvimento dos profissionais cuja prática irá ser avaliada, no desenvolvimento dos métodos a usar e na continuação da sua avaliação.
Há que tornar impossível que alguém argumente que as bases para avaliar o desempenho são obscuras ou inaceitáveis.

Os métodos adoptados devem ser aplicados consistentemente e persistentemente, sem variações idiosincráticas e sem favoritismos.

 

Métodos para influenciar o comportamento dos prestadores de cuidados

 

Pressuposto: Os profissionais envolvidos, embora sujeitos a todas as fraquezas da espécie humana, são, na globalidade:

  • pessoas honradas
  • que querem praticar o bem,
  • que carecem do respeito dos doentes e dos colegas, e
  • estão dispostos a aprender.
Feedback

Comunicar aos prestadores de cuidados, isolados ou em grupo, informações sobre o seu desempenho.

É mais eficaz: se for transmitido por alguém respeitado profissionalmente

  • se for individualizado,
  • se for cara-a-cara e
  • se o indivíduo for comparado a colegas.

     

Comparações com padrões abstractos e o emprego de métodos pouco personalizados de comunicação são menos eficazes.

 

Sanções

A opção de impor penalidades e sanções é uma parte necessária do sistema de avaliação do desempenho, mas o castigo deve ser o último recurso, a usar apenas quando tudo o resto falhou.

Tudo o resto significa um sistema com sanções progressivamente crescente, para que o castigo seja de acordo com a gravidade da falta.

 

Deverá ficar claro para todos que:

  • as sanções são usadas
  • que são usadas com justiça
  • sempre que a situação a isso obrigar, serão usadas com a máxima severidade